Passar para o Conteúdo Principal Top

Bolsa de Terras

Bolsa de Terras_20

Município de Ponte de Lima celebra Protocolo de colaboração com a COOPALIMA Cooperativa Agrícola dos Agricultores do Vale do Lima, CRL

Protocolo coopalima 1 1024 1000
13 Março 2018

Considerando a importância da atividade agropecuária que se regista no concelho, sendo grande parte essencialmente rural, e realizada pela grande maioria das pessoas que residem em Ponte de Lima, com dimensões e realidades diversas, onde se pode encontrar agricultura de subsistência, agricultura de lazer, agricultura complementar e mesmo profissional e empresarial; o Município de Ponte de Lima aprovou a implementação do Balcão Rural, a instalar na sede da Coopalima – Cooperativa Agrícola dos Agricultores do Vale do Lima, CRL.

Esta parceria resulta de um protocolo de colaboração estabelecido entre as duas instituições, cujo objetivo é a criação de um balcão Rural, de apoio ao agricultor, e que visa contribuir para a dinamização da atividade agropecuária no concelho.

O Presidente da Câmara Municipal de Ponte de Lima Eng.º Victor Mendes, salientou a importância desta parceria, “estamos a dar o cumprimento de dois vetores estratégicos para o desenvolvimento deste sector, sendo fundamental para o desenvolvimento sustentável, neste caso com a Coopalima, um agente muito próximo da população”. (..) “Da nossa parte”, assegurou o autarca “damos o apoio técnico nesta área que continua a ser uma das principais atividades económicas do concelho, e sabemos que as exigências legais para o desenvolvimento da atividade agropecuária com licenciamentos, controlos, registos, formação profissional, são cada vez maiores”.

Por sua vez, o Presidente da Direção da Coopalima, Engº Carlos Lago, justificou esta parceria, salientando que a “desistência da atividade agropecuária no concelho resultará em prejuízos elevados e muitos deles irrecuperáveis como a degradação da paisagem, a perda de qualidade de quantidade de água, a degradação dos solos, a perda de biodiversidade, a degradação da qualidade do ar, a degradação de património cultural material e imaterial.”, Neste contexto, Carlos Lago, adiantou através da criação deste Balcão Rural “estamos a ajudar os nossos associados a preservar este valioso património ambiental do concelho.”

De acordo com o regulamento do protocolo, a dinamização socioeconómica do concelho de Ponte de Lima; o fomento da atividade agropecuária do concelho de Ponte de Lima; a prestação de apoio técnico aos agricultores limianos; o estabelecimento de pontes de comunicação entre os agricultores, a promoção da cooperação ente as diferentes instituições e associações do setor e o Município de Ponte de Lima e outras instituições públicas do setor são os principais objetivos do Balcão Rural. O Balcão Rural funcionará nas instalações da Coopalima nos dias da Feira Quinzenal de Ponte de Lima, desde que existam marcações agendadas. Poderá ser considerado outro dia, em situações extraordinárias, desde que seja um assunto urgente e autorizado pelo Município de Ponte de Lima. O Município garante um técnico superior de agronomia.